Empresa responsável pela venda de ingressos para show da banda Guns N’ Roses é notificada

‘Eventim’ tem até 20 dias para esclarecer sobre irregularidades no atendimento, como falta de filas preferenciais e forma de parcelamento dos ingressos

Nesta quarta-feira, 20, primeiro dia de venda dos ingressos para o show da banda Guns N’ Roses, o Procon Goiânia foi até a bilheteria do estádio Serra Dourada, local em que ocorreu a venda física, após denúncia de que os ingressos pela internet se esgotaram rapidamente, fazendo com que centenas de consumidores precisassem ir até o espaço para comprar presencialmente, enfrentando transtornos. O evento tem capacidade para receber 39 mil espectadores e já foram vendidos 30 mil ingressos.

De acordo com o órgão, a fiscalização encontrou irregularidades no atendimento. Não havia filas preferenciais e no momento da compra era permitido parcelar o ingresso somente em até três vezes, quando no site a compra podia ser feita em até 10 vezes.

A empresa Eventim foi notificada, devendo comprovar qual a quantidade de ingressos disponíveis para serem vendidas, tanto na pré-venda quanto na pós; explicar as especificidades de todas as modalidades de entradas e setores, além de detalhar quais foram os mecanismos adotados para evitar a venda de ingressos por cambistas ou empresas terceirizadas. A responsável também deve informar sobre a forma de processamento e pagamento dos bilhetes vendidos pelo site e pela bilheteria local, devendo apresentar a cópia integral de cada unidade, tal como comercializada ao público consumidor.

O Procon Goiânia requer, ainda, comprovação do funcionamento dos canais de atendimento aos consumidores. As explicações deverão ser prestadas em até 20 dias.

Ao Jornal Opção, a assessoria da empresa informou que “ainda há ingressos para alguns setores do estádio, mas que a preferência da venda será dada para os consumidores da compra física, em razão das filas” e que, caso restem ingressos, eles serão disponibilizados para venda on-line. Sobre o esgotamento rápido dos ingressos, a produção esclarece que “os lotes tinham números definidos de ingressos, mas que a procura foi muito intensa. Razão pela qual os lotes se esgotaram rapidamente, e, como consequência, a disponibilização de novos ingressos, com preços de acordo com os lotes seguintes”, destaca. A empresa pontua também que fará os esclarecimentos ao Procon Goiânia dentro do prazo estabelecido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.