Empresa investe R$ 3,6 milhões em usina fotovoltaica no Distrito Agroindustrial de Morrinhos

Ecoplast assinou contrato de ampliação de área no parque industrial administrado pelo Governo de Goiás, por meio da Codego

O Governo de Goiás, por meio da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego), assinou nesta segunda-feira (29/6) termo de cessão de uso de área com a Ecoplast Indústria e Comércio de PVC, que acrescentará 20,7 mil metros quadrados à planta fabril da empresa, instalada no Distrito Agroindustrial de Morrinhos (Daimo), cidade a 130 quilômetros de Goiânia.

A Ecoplast, que atua na fabricação de forros de policloreto de vinila (PVC), implantou no terreno adicional uma usina solar fotovoltaica (USF), com capacidade instalada inicial de 1 megawatt (MW), o suficiente para abastecer mais de mil famílias.

De acordo com o representante da empresa, Rafael Rodrigues, o investimento foi de R$ 3,6 milhões e a usina já entrará em operação em julho, reduzindo os custos da Ecoplast com o suprimento de energia elétrica. O empreendimento gera atualmente 70 postos de trabalho e, com a ampliação da estrutura, a expectativa é para geração de novos empregos diretos e indiretos.

A energia fotovoltaica, aliás, é uma tendência observada pelo segmento produtivo, não somente visando a redução de custos com energia elétrica, mas ainda com o objetivo de adequar-se às práticas sustentáveis, reduzindo ao máximo a emissão de carbono em suas operações.

O Daimo possui área de 1,3 milhão de metros quadrados às margens da BR-153, conta com ruas asfaltadas e infraestrutura adequada para dar suporte às 15 indústrias instaladas no parque industrial dos segmentos de construção civil, alimentos, produtos agrícolas, embalagens, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.