Empresa goiana oferece depilação para crianças e gera polêmica

Apesar das críticas, empresária assegura que não largará o osso: “Existe esse público, existe a demanda e alguém vai atender. Por que não eu?”

Foto: Reprodução/Internet

O mais novo foco de um empreendimento goiano tem causado polêmica nas redes sociais. Trata-se de um serviço de depilação infantil encabeçado pela empresária Fernanda Ribeiro. Algo que, segundo ela, não é novidade, haja vista que já era praticado atendendo ao pedido de algumas mães que são clientes da depiladora.

Em entrevista ao Pequenas Empresas & Grandes Negócios, a empresária disse que a filha de nove anos pediu para remover o buço e foi a partir dai que ela percebeu a possibilidade de negócio. O investimento, conforme divulgado pela reportagem, foi de R$ 5 mil gastos em treinamento, uniformes e outros itens básicos.

Ela frisou que tudo é feito com muito cuidado e calma com a criança. Também reforçou que, diferente do que foi propagando na internet, o serviço não abrange depilação íntima, apenas buço, axilas e outras partes específicas do corpo. Apesar das críticas, empresária assegura que não largará o osso: “Existe esse público, existe a demanda e alguém vai atender. Por que não eu?”. (Com informações do Pequenas Empresas & Grandes Negócios)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.