Empresa contratada pela Enel nega descumprir direitos trabalhistas

Representante garante que sindicatos não têm identificado cálculo 

Contratada via licitação pela Enel Distribuição Goiás, a Graber Segurança nega descumprir direitos trabalhistas, conforme denunciado pelos presidentes dos Sindicatos dos Vigilantes do Estado de Goiás (Seesvig) e dos Vigilantes de Goiânia (Sindvig).

Em entrevista ao Jornal Opção, representante da empresa afirmou que terá uma reunião com representantes sindicais para esclarecer alguns pontos. “Não estão identificando um cálculo em questão. Vamos nos reunir nesta sexta-feira para demonstrar isso e a situação vai ser esclarecida”, afirma.

Segundo a Seevisg, a empresa teria descumprido convenção coletiva em diversos itens como o pagamento de adicional noturno incorreto e o não pagamento de benefício social.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.