Empresa brasileira irá produzir ventilador pulmonar projetado pela Nasa

Em parceria com o Senai, a Russer passou em chamada pública da Nasa para a fabricação do equipamento que terá custo abaixo do valor encontrado no mercado

Ventilador pulmonar criado por Nasa será produzido no Brasil para pacientes com Covid-19 | Foto: Nada / JPL

Um projeto desenvolvido pela Agência Espacial dos Estados Unidos (Nasa) de ventiladores pulmonares será produzido no Brasil a partir de uma parceria da indústria Russer e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). O equipamento terá finalidade de atender pacientes acometidos pela Covid-19 que necessitam de ajuda para respirar em UTIs.


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária autorizou a produção na semana passada e, agora, devem ser fabricados 300 ventiladores pulmonares por mês. O produto não tem previsão de chegada ao mercado ainda, mas deverá custar em torno de R$20 mil. A média de preços de ventiladores no mercado, atualmente, é de R$60 mil.


Para a fabricação, a Russer e o Senai entraram em uma chamada pública da Nasa. Inicialmente, 331 empresas de vários países foram selecionadas. Na segunda etada, 28 companhias foram finalistas, entre elas, as brasileiras inscritas. Royalties não serão cobrados durante o período de pandemia. A produção irá ajudar a ampliar a fabricação nacional deste tipo de equipamento. (Com informações da Agência Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.