Empregada doméstica acusa ator da Globo de atropelamento e diz que ele negou ajuda

Assessoria de Klebber Toledo respondeu que ator disponibilizou números de contato e procurou o hospital para saber informações, mas não teve mais notícias da mulher

Ator Klebber Toledo | Foto: Reprodução/Instagram

 

 

O ator Klebber Toledo foi acusado pela empregada doméstica Rosinéia Fernandes de Oliveira, de 40 anos, de um atropelamento ocorrido no último dia 8 de setembro. A informação é do jornalista Léo Dias.

De acordo com a publicação, a mulher atravessava uma faixa de pedestre quando um taxista que vinha passando conseguiu frear o carro, mas Klebber Toledo vinha logo atrás e bateu na traseira do táxi, que atingiu Rosinéia.

Ela teve fratura exposta no tornozelo esquerdo, amputação de uma falange do dedo mindinho esquerdo e ainda perdeu de cinco dentes. Segundo a mulher, Klebber disse que iria pagar a fisioterapia caso fosse necessário e ajudar no tratamento, mas não a visitou e nem a procurou mais após o ocorrido.

Em resposta à coluna, a assessoria do ator negou que ele tenha sido responsável pelo atropelamento. “Rose atravessava fora da faixa de pedestres no momento do acidente e foi atingida por um táxi. O carro do ator seguia em faixa paralela a do taxista e foi cortado por ele, colidindo em sua traseira em baixa velocidade. Klebber prestou socorro à vítima atingida pelo táxi e tentou tranquiliza-la até a chegada da emergência. O ator disponibilizou seus números de contato a todos os envolvidos e procurou o hospital para saber informações sobre o estado de saúde de Rose, já que o celular dela não funcionava. Nestes dois meses após o ocorrido, Klebber não teve mais notícias dela. O ator afirma também que por livre vontade custeará o tratamento de Rose, já que o taxista não assumiu suas responsabilidades para com a vítima”, diz a nota enviada ao jornalista.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.