Embraer apresenta o maior e mais sofisticado avião militar projetado no Brasil

Aeronave denominada de KC-390 terá capacidade de transportar até 23 toneladas de carga, numa velocidade de 870 quilômetros por hora. Força Aérea Brasileira encomendou 28 unidades por R$ 7,2 bilhões  

Além do Brasil, Portugal, Argentina e República Checa vão operar o super cargueiro. Chile, Colômbia e Suécia também manifestaram interesse | Foto: Reprodução

Além do Brasil, Portugal, Argentina e República Checa vão operar o super cargueiro. Chile, Colômbia e Suécia também manifestaram interesse | Foto: Reprodução

A Embraer apresentou nesta manhã de terça-feira (21), em sua fábrica em Gavião Peixoto, interior de São Paulo, o maior avião já projetado e fabricado no Brasil, o KC-390. A aeronave cargueira dotada de duas turbinas, de 12 metros de altura e 35 metros de comprimento, terá capacidade para transportar até 23 toneladas de carga a uma velocidade de 870 quilômetros por hora. Ele pode ter várias missões, entre elas, ser usado como tanque para reabastecimento de outros aviões durante o voo, transporte de cargas e tropas, busca e resgate, além de combate a incêndios florestais.

A Embraer e o Comando da Aeronáutica assinaram um contrato de R$ 7,2 bilhões para a produção em série do KC-390. O acordo prevê a aquisição de 28 aeronaves ao longo de dez anos com a primeira entrega programada para 2016. Além das aeronaves, o contrato prevê o fornecimento de um pacote de suporte logístico que inclui peças sobressalentes e manutenção. O acordo depende ainda de documentação complementar, o que deve ocorrer em 90 dias.

Além do Brasil, Portugal, Argentina e República Checa vão operar o super cargueiro. Chile, Colômbia e Suécia também manifestaram interesse. O KC-390, além de função de cargueiro também poderá desempenhar missões de reabastecimento em voo, UTI aérea e de busca e salvamento. A aeronave vai entrar na briga pelo mercado da aviação militar dominado pelo cargueiro americano Lockheed Martin C-130 Hércules.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.