Embaixador russo é morto por atirador na Turquia

Andrei Karlov estava em galeria de arte para exibição de fotos quando foi acertado por homem que teria feito referência à Guerra Civil da Síria

Foto: Divulgação

Andrei Karlov era embaixador da Rússia na capital da Turquia | Foto: Divulgação

O embaixador russo Andrei Karlov foi morto Ancara, capital da Turquia, nesta segunda-feira (19/12). Ele foi atingido por um atirador enquanto estava em uma galeria de arte e morreu a caminho do hospital. O homem que abriu fogo também teria ferido outras três pessoas que estavam no local para a exibição de fotos “A Rússia vista pelos turcos”.

O Kremlin, residência oficial do Presidente da Rússia, Vladimir Putin, já confirmou a morte de Andrei e considerou que o assassinato foi um ataque terrorista. O assassino teria entrado na galeria fingindo ser policial e teria mencionado a cidade síria de Aleppo, e dito “Não se esqueçam de Aleppo, Não se esqueçam da Síria” antes de ser morto pela polícia.

Putin é um dos maiores apoiadores do regime de Bashar al-Assad na Síria. Neste domingo (18), segundo a BBC, houve uma série de protestos na Turquia contra a intervenção russa na Síria, que enfrenta uma guerra civil desde março de 2011.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.