Em Trindade, Marconi assina ordem para ampliação dos serviços no Hospital de Urgências

Governador disponibilizou ainda quatro novos veículos para Vila São Cottolengo

Foto: Iris Roberto

Acompanhado pelo prefeito de Trindade, Jânio Darrot (PSDB), o governador Marconi Perillo (PSDB) disponibilizou quatro novos veículos para a Vila São Cottolengo, com direito a combustível, manutenção, motoristas e assinou ordens que autorizam a ampliação dos serviços do Hospital Estadual de Urgências de Trindade, Walda Ferreira dos Santos (Hutrin), que construirá uma maternidade para atender pacientes de médio e alto risco.

Com a ampliação dos serviços, o Hutrin, administrado pela OS Instituto Gerir, passará a ter 60 novos leitos, com implantação de linha de cuidado materno infantil preconizado pela Rede Cegonha – leitos de gestação de alto risco, banco de leite, ampliações de diagnóstico de imagem (inclusive tomógrafo) e do apoio à estrutura de assistência. O projeto já está em fase de orçamento.

Também na Vila Cottolengo, Perillo e o secretário Leonardo Vilela anunciaram a ampliação de convênio com a instituição, para R$ 1 milhão mensal. O valor repassado anteriormente era de R$ 250 mil por mês. Esse aporte financeiro permitirá a ampliação do número de cirurgias de catarata que passará de 120 para 300 mensais; a ampliação de 300 atendimentos por mês na área de reabilitação física e auditiva, que passa a ser de 1.200 mensais; além de bancar despesas com compra de medicamentos, alimentação e materiais para a proteção e o cuidado com os pacientes.

Muito elogiado por Marconi Perillo, por sua participação na Secretaria de Governo, Tayrone declarou se espelhar nas pessoas e na competência administrativa de Jânio e Marconi. “Destaco em minha fala, senhor governador, o seu compromisso com todo o estado, a exemplo do programa que juntos implantamos, o Goiás na Frente, onde assinamos convênios de forma suprapartidária, beneficiando mais de 150 municípios”, frisou Di Martino.

Acompanhado da primeira-dama Dairdes Darrot, Jânio lembrou a motivação do seu ingresso na política. “Fui apresentado ao Marconi, por um amigo em comum e ficamos mais próximos, a ponto dele conhecer o meu ideal e me convidar a ser o prefeito da cidade onde nasci. Também me prometeu que ajudaria a fazer muito por Trindade, mas eu nunca poderia imaginar que fosse tanto”, declarou.

“Eu e a Valéria termos orgulho e muita satisfação de estar aqui na Vila, local onde nunca deixamos de estar nestas quase três décadas. E chegamos aqui antes da política e estamos aqui não pela política, mas sim porque o nosso coração pede. Esta Casa é uma das maiores instituições de benevolência do Brasil e somos gratos aos padres redentoristas, que por ela, muito se esforçam e também a Deus, que nos deu força para mantê-la em pleno e ampliado funcionamento”, concluiu Perillo.

Deixe um comentário