Em Terezópolis de Goiás, PCGO e Agrodefesa realizam operação em laticínio clandestino

Estabelecimento funcionava sem registro em órgão oficial e em condições higiênico-sanitárias inadequadas

Foto: Reprodução/ PCGO

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Consumidor (Decon), com apoio da Agrodefesa, cumpriu mandado de busca e apreensão, na tarde desta terça-feira, 8, em um laticínio clandestino localizado em Terezópolis de Goiás.

O estabelecimento funcionava sem registro em órgão oficial e em condições higiênico-sanitárias inadequadas. O laticínio não possuía fachada e funcionava em uma residência desde 2016. Além disso, seus donos têm uma loja na Rodovia BR-060, em Terezópolis, onde vendiam os produtos fabricados.

A Polícia Civil apreendeu aproximadamente 400 kg de massas e queijos. Os produtos inutilizados serão destruídos após passar por perícia. O estabelecimento também foi multado pela Agrodefesa.

Já os proprietários responderão ao inquérito policial pela prática de crime contra as relações de consumo, cuja pena máxima é de 5 anos de prisão. São investigadas neste inquérito duas pessoas físicas (mãe e filha proprietárias do laticínio) e a referida pessoa jurídica. Não foram efetuadas prisões durante a operação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.