Em tempos de pandemia, Goiás qualifica 6 mil profissionais em treinamento virtual

Escola de Governo implementou em período recorde cursos online sem perder a qualidade e garantindo o aprendizado dos estudantes

Servidores do Estado puderam se qualificar durante a pandemia | Foto: Foto de RF._.studio no Pexels

O esforço para qualificar os servidores públicos estaduais é um dos principais componentes para a otimização da gestão pública em Goiás. Mesmo diante do cenário adverso imposto pela pandemia provocada pela Covid-19, mais de 7 mil colaboradores foram capacitados, entre formação presencial e online, de janeiro a novembro de 2020. Todas as capacitações foram disponibilizados pela Secretaria de Estado da Administração (Sead) por meio da Escola de Governo do Estado de Goiás.

Mais de 85% dos alunos diplomados, aproximadamente 6 mil servidores, realizaram formação em plataforma de Ensino a Distância (Ead), novidade inaugurada durante o período de isolamento social e que cumpre o dever e o principal âmago da Escola de governo de ampliar o leque de conhecimento dos servidores para assegurar uma melhor prestação de serviços à sociedade. Foram oferecidos cursos em áreas como Compras Governamentais, Compliance Público, Gestão de pessoas, entre outros.

Além dos cursos em novos formatos, a Escola inovou também com a disponibilização de conteúdos por meio das redes sociais. Os projetos que já tinham ampla aceitação no módulo presencial ganharam versões totalmente online, como é o caso do Semear e do laboratório de inovação Pequi Lab. O Escola Lives, criado durante o período de distanciamento, inspirou a discussão de temas atuais e relevantes para a administração pública. As transmissões, abertas aos seguidores em geral, foi acessada por mais de 35 mil pessoas.

O secretário da Administração (Sead), Bruno D’Abadia, confere à conduta inovadora da atual gestão o sucesso na adaptação rápida e exitosa à nova realidade. “Conseguimos transformar o ambiente de aprendizagem em tempo recorde. É mais um demonstrativo do esforço do Governo em aperfeiçoar as habilidade dos servidores e, consequentemente, impactar positivamente nos serviços entregues aos goianos”, comentou.

A superintendente da Escola de Governo, Roberta Costa, avalia 2020 como um ano de superação tanto para os servidores que buscaram capacitação quanto aos professores, mas que tornaram-se oportunidades para o Estado de reinventar. “Buscarmos novas metodologias e ferramentas que nos permitissem estar próximos do nosso público, mantendo o distanciamento e, ao mesmo tempo, cumprindo com excelência a nossa missão de selecionar talentos, desenvolver competências e fomentar o conhecimento e a inovação”, analisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.