Em suposta gravação, presidente da Câmara de Catalão ameaça Jardel Sebba de morte

“Ele é um vagabundo, um safado, não manda em nada não. Vou matar ele, dar um tiro na cabeça dele para virar homem”, ataca o homem identificado pelo prefeito como Deusmar Barbosa

Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

Um áudio que circula nas redes sociais tem movimentado o município de Catalão, distante 259 km de Goiânia. Nele, um homem identificado como o presidente da Câmara Municipal, Deusmar Barbosa (PMDB), faz supostas ameaças de morte ao prefeito Jardel Sebba (PSDB). Em entrevista ao Jornal Opção Online, no início da noite desta quarta-feira (26/11), o tucano diz ter certeza que a voz da gravação é a do rival peemedebista. “Acho que nem ele nega”, diz.

O prefeito entrou em contato hoje com a Polícia Civil para que o caso seja investigado. Sebba lembrou, durante entrevista, que, em 1998, o então prefeito Eurípedes Pereira foi assassinado e o crime nunca chegou a ser elucidado. “Minha família está bastante preocupada”, acrescentou.

Na gravação divulgada, o homem identificado como o vereador Deusmar responde a uma mulher acerca de sua possível renúncia da presidência da Casa, que estaria sendo cogitada pelo prefeito. “Ele é um vagabundo, um safado, não manda em nada não. Vou matar ele, dar um tiro na cabeça dele para virar homem”, ataca.

Jardel Sebba atribui ao suposto destempero de Deusmar à proximidade das eleições para eleger o novo presidente da Câmara, a qual, segundo o prefeito, o peemedebista estaria prestes a perder. “Ele está lá por três mandatos e há indícios que existem vários contratos irregulares na Casa. Muitas coisas obscuras”, acrescentou o tucano.

Apesar das tentativas, o Jornal Opção Online não conseguiu entrar em contato com o vereador Deusmar para comentar o caso.

Confira a suposta gravação:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.