Em sinal de alerta, Aparecida de Goiânia recebe força-tarefa de combate ao Aedes

Mobilização do Governo de Goiás com a prefeitura do município promoverá visitas domiciliares para eliminar focos dos mosquitos 

Lançamento do programa de combate ao Aedes aegypit em Aparecida de Goiânia | Foto: Divulgação SES-GO

A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) e Corpo de Bombeiros Militar, e a Prefeitura de Aparecida de Goiânia, lançaram na manhã desta segunda-feira (22/1) o programa “Aparecida contra o Aedes”. A ação, parte do programa estadual “Goiás contra o Aedes”, vai vistoriar e monitorar os cerca de 258 mil imóveis localizados na cidade com o objetivo de eliminar os focos do Aedes aegypti.

Até o dia 31 de janeiro, equipes compostas por profissionais de saúde e agentes do Corpo de Bombeiros farão visitas de casa em casa identificando os criadouros do Aedes aegypti e conscientizando a população sobre a necessidade da adoção desta prática de forma rotineira.

Além disso, os agentes vão fiscalizar e autuar os proprietários dos imóveis reincidentes, que já haviam sido alertados para a necessidade de eliminação de objetos que acumulam água parada e que, por isso, se transformam em criadouros do inseto. Durante a ação, também será recolhido o lixo acumulado em passeios públicos e lotes baldios.

O prefeito Gustavo Mendanha (MDB) ressaltou que inicialmente a força-tarefa prossegue até 31 de janeiro, mas as equipes da prefeitura devem continuar o trabalho durante todo o ano com a realização de vistorias mensais. Ele destacou que se o quantitativo de criadouros for eliminado, Aparecida de Goiânia será referência  para o País no combate ao Aedes.

O secretário de Estado da Saúde de Goiás em exercício, Deusdedith Vaz, assegurou que o combate sistemático ao mosquito Aedes aegypti e a diminuição da incidência das doenças transmitidas pelo inseto é uma das prioridades da pasta. “Estamos desenvolvendo esta ação em todos os municípios do Estado e almejamos vencer o grande desafio de reduzir drasticamente os índices de infestação do inseto”, disse.

Os dados do governo mostram que o índice de infestação do Aedes aegypti em dezembro em Aparecida de Goiânia foi de 1,75%, o que coloca o município em sinal de alerta. Neste ano, até 13 de janeiro, foram notificados 70 casos de dengue e confirmado 1 caso da doença em Aparecida de Goiânia.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.