Em reunião com governo, executivos da Dudalina anunciam investimentos em Goiás

Rede proprietária da marca investirá em duas etapas: na implantação de centro de distribuição e na construção de unidade de produção

Audiência com empresários da Dudalina | Foto: Eduardo Ferreira

Audiência com empresários da Dudalina | Foto: Eduardo Ferreira

Executivos da rede varejista proprietária das marcas Dudalina, Le Lis Blanc e que detém direitos de comercialização da Bobô, da Rosa Chá e da JohnJohn se reuniram na última segunda-feira (12/9) com o governador Marconi Perillo (PSDB) e anunciaram a implantação de centro de distribuição e de unidade de produção em Goiás.

O CEO-presidente da rede Restoque SA Comércio e Distribuição de Roupas, Paulo José Marques Soares, afirmou que a empresa fará o investimento em duas etapas. Na primeira, que terá início imediato, será feito um investimento de R$ 3 milhões na implantação de unidade de distribuição, que será instalada no Distrito Industrial de Aparecida de Goiânia, gerando 205 empregos diretos.

Na segunda etapa, a Retoque deve construir uma unidade de produção das marcas. O CEO disse ao governador que a empresa já busca a área para construir a indústria. A previsão é que a unidade gere mais 250 empregos diretos. Não foi informado o valor do investimento.

Marconi disse que a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico está à disposição da empresa para as orientações necessárias para a efetivação dos investimentos. O Governo de Goiás e a Restoque irão assinar um protocolo de intenções em breve.

O governador agradeceu a decisão da empresa em realizar seus investimentos no Estado, que “representarão mais empregos, mais desenvolvimento e o fortalecimento da cadeia de confecções de Goiás, estratégica para a economia do Estado”.

Segundo Soares, a preferência por Goiás é resultado da localização e da importância do mercado goiano, além da segurança jurídica e incentivos imprescindíveis para os investimentos e para o sucesso do empreendimento que o Estado garante.

Também participaram da reunião o diretor-financeiro da Restoque, Fernando Pedroso, o diretor industrial da Dudalina, Claudemir Chiaritti; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Luiz Maronezi; o superintendente-executivo de Indústria e Comércio, Victor Hugo Queiroz, e o secretário-executivo do Conselho Superior para a Promoção de Investimentos e Negócios Internacionais (PromoGoiás), Leonardo Jayme. (Com informações do Gabinete de Imprensa)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.