Em reforma, escolas estaduais não ficam prontas e secretaria busca igrejas para salas improvisadas

Ano letivo começa na próxima segunda-feira, 21, e 11 escolas estaduais não estão aptas a receberem estudantes na volta às aulas

Foto: Lívia Barbosa

A secretária de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (Seduce), Fátima Gavioli, falou nesta quarta-feira, 16, sobre a situação das escolas estaduais que passam por reforma e não ficarão prontas a tempo do início do ano letivo, marcado para a próxima segunda-feira, 21.

“Existem 140 escolas estaduais passando por pequenos reparos e pinturas. Desse total, 11 unidades não têm a menor condição de receberem os alunos para o início do ano letivo”, disse a secretária.

De acordo com Fátima Gavioli, a solução será encontrar outros locais improvisados. “Estamos buscando espaços físicos nas igrejas, prédios municipais e, em último caso, teremos salas modelares”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Preto Hycaro

E o pagamento do mês de dezembro…? Professores sem salário… será que retornarão…?? Ainda mais depois das festas de final de ano, com gastos fora do normal…

Ivani Ferreira

sem salário pra quê escola?