Em pronunciamento, Bolsonaro volta a defender tratamento com cloroquina

Presidente voltou a criticar os governadores por suas decisões de impor o isolamento social

O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) voltou a defender o uso de cloroquina como tratamento para Covid-19. Em seu pronunciamento em rede nacional na noite dessa quarta-feira, 8, ele citou o médico Roberto Kalil Filho, que fez uso do medicamento e também o receitou aos pacientes com suspeita da doença.

Bolsonaro ainda informou que faz gestão junto ao governo indiano para aquisição de insumos para ampliar a produção da cloroquina no Brasil.

O presidente também usou o pronunciamento para voltar a criticar os governadores por suas decisões para mantar o isolamento social.  “Respeito a autonomia dos governadores e prefeitos. Muitas medidas de isolamento são de responsabilidade exclusiva dos mesmos. O governo federal não foi consultado sobre sua amplitude”, disse.

Bolsonaro, usou um tom mais ameno durante esse pronunciamento. Ele falou de ações do governo para garantir auxílio financeiro a trabalhadores afetados pela pandemia, além de medidas de repatriação de brasileiros. Pela primeira vez ele prestou condolências as famílias de vitimas do coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.