Em plenário, deputado chama Major Araújo de “candidato de aluguel”

Parlamentar do PRP confirmou nesta semana que não assumirá o cargo de vice-prefeito de Goiânia. Opositor definiu atitude como “estelionato eleitoral”

Deputado estadual Santana Gomes (PSL), ao defender o governador Marconi Perillo (PSDB) na tribuna da Assembleia, chamou por várias vezes o parlamentar Major Araújo de "Marajá Araújo"

Deputados estaduais Major Araújo e Santana Gomes

Durante discurso em sessão na tarde desta terça-feira (6/12), o deputado Santana Gomes (PSL) afirmou, sem citar nomes, que um parlamentar da Casa participou da última eleição, no cargo de vice-prefeito de Goiânia, como “candidato de aluguel”.

“Está acontecendo um estelionato em Goiânia. Já vi partido de aluguel. Mas candidato de aluguel é a primeira vez. É um absurdo o que estão fazendo. Você empresta um nome, a sociedade acredita. E depois sai e não cumpre o prometido. E nós, políticos, ficamos aqui de braços cruzados como se nada tivesse acontecido”, salientou o deputado.

A clara referência ao deputado Major Araújo (PRP) ocorre um dia após o parlamentar confirmar que não assumirá o cargo de vice-prefeito de Goiânia. Na Assembleia Legislativa, durante coletiva, o militar afirmou que atendeu ao “apelo” dos segmentos que representa (em especial servidores públicos) para que ele permanecesse deputado, ante a um temor de “perda de conquistas”.

Major Araújo também reconheceu que havia um mal-estar com a cúpula do PMDB do prefeito eleito, Iris Rezende. Falou em “boicote” e “censura” que sofreu durante e após a campanha e que havia, sim, resistência por parte dos peemedebistas a ele. “Acredito que poderia ter conflitos se eu assumisse e iria acabar isolado na administração, porque continuaria tendo meus posicionamentos. Não via sucesso”, explicou.

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Elias

Quem esse cara para falar isso pucha saco

Denis Robson

Não sou a favor do que o Araújo fez, mas o querido em Goiânia, é Iris.