Em nota, PSDB Goiás diz que todas doações a seus filiados foram “devidamente declaradas”

Partido informou que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) foram comunicados de todo o dinheiro recebido durante a campanha de seu candidato

Nota do PSDB, assinada pelo presidente estadual Afrêni Gonçalves, nega qualquer ato ilícito nas doações recebidas por Marconi nas campanhas de 2010 e 2014 Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Nota do PSDB, assinada pelo presidente estadual Afrêni Gonçalves, nega qualquer ato ilícito nas doações recebidas por Marconi nas campanhas de 2010 e 2014 Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O PSDB goiano encaminhou uma nota na noite desta quarta-feira (23/3) em que comunica terem sido “devidamente declaradas à Justiça eleitoral” todas as doações de campanha de seus candidatos referentes às campanhas de 2010 e 2014. Segundo o partido em Goiás, todo dinheiro recebido “via transferência bancária” foi atestado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por meio dos recibos apresentados.

A nota do PSDB Goiás foi enviada para responder aos documentos divulgados na quarta-feira (22) pela Polícia Federal que citam valores repassados pela Odebrecht a 200 políticos de 18 partidos diferentes. Planilhas e registros foram apreendidos em 22 de fevereiro na Acarajé, 23ª fase da Operação Lava Jato que apreendeu documentos que estavam com Benedicto Barbosa Silva Júnior, presidente da Odebrecht Infraestrutura.

Um dos nomes citados nas planilhas é o do governador Marconi Perillo (PSDB), com um depósito no valor de R$ 200 mil que teria sido feito no dia 1º de setembro de 2010, quando o tucano era candidato a governador. O valor teria sido depositado em uma conta do Banco do Brasil.

Os outros goianos que aparecem nas planilhas apreendidas são o prefeito Paulo Garcia (PT), que teria recebido R$ 300 mil segundo as anotações, e o ex-senador Demóstenes Torres (sem partido), com R$ 1,2 milhão anotado no mesmo documento.

Leia abaixo a nota na íntegra:

Nota do diretório estadual do PSDB-Goiás

O Diretório Estadual do PSDB de Goiás informa que todas as doações para as campanhas de candidatos do partido nas eleições de 2010 e 2014 foram devidamente declaradas à Justiça eleitoral, efetuadas via transferência bancária e atestadas por recibos.

Afrêni Gonçalves Leite

Presidente do Diretório Estadual do PSDB de Goiás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.