Em nota, Folha explica por que tirou do ar denúncia contra José Mayer

Jornal afirmou que assim que registrar os argumentos da parte acusada, o texto voltará a ser publicado

Uma publicação do blog “Agora é que são elas”, do jornal “Folha de São Paulo”, ganhou as redes sociais na manhã desta sexta-feira (31/3). Uma figurinista da Rede Globo usou o espaço para publicar um relato envolvendo uma denúncia de assédio sexual contra o ator José Mayer. Horas depois de ser postada, entretanto, o texto saiu do ar.

O jornal publicou, então, na tarde desta sexta-feira (31) uma nota em que explicava as razões de tirar a publicação do ar. Segundo a “Folha”, o texto foi retirado do ar porque desrespeitou o princípio editorial do veículo de publicar acusações apenas quando a parte acusada fosse ouvida.

A nota afirma, ainda, que enquanto o ator ou sua defesa não se manifestarem o texto continua fora do ar, voltando “tão logo esse defeito seja sanado”.

O relato

Na publicação, a figurinista conta que chegou no Rio de Janeiro há 5 anos, buscando realizar os sonhos profissionais e, há 8 meses, encontrou nele um algoz. Ela relata que José Mayer começou a assediá-la rotineiramente com “elogios” de  ‘como você se veste bem’ a ‘como você se veste bem’.

Ela chegou a questionar a atitude do ator que, mesmo assim, não se deteve. Em fevereiro deste ano, Susllem conta que o assédio chegou ao ponto do contato físico, quando José Mayer tocou sua genitália.

Após o episódio, ela relata que achava que o ator havia chegado ao seu limite. Entretanto, a figurinista garante que Mayer tentou novamente tocar sua vagina, em um set de filmagem com outras 30 pessoas. Diante da negativa, ele a teria a chamado de “vaca”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.