Em nota, Bolsonaro diz que Olavo de Carvalho não contribui com objetivos do Governo

Por meio de porta-voz, presidente se manifestou sobre vídeo do pensador com críticas à ala militar do Planalto

Em nota lida pelo porta-voz Rêgo Barros, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse que Olavo de Carvalho não contribui com objetivos do Governo. A fala repercute críticas do guru do capitão ao núcleo militar do Planalto.

“O professor Olavo de Carvalho teve um papel considerável na exposição das ideias conservadoras que se contrapuseram à mensagem anacrônica cultuada pela esquerda e que tanto mal fizeram ao nosso País. Entretanto, sua recentes declarações contra integrantes dos poderes da República não contribuem para a unicidade de esforços e consequente atingimento dos objetivos propostos em nosso projeto de governo, que visam ao fim e ao cabo ao bem-estar da sociedade brasileira e ao soerguimento do Brasil no contexto das nações””, disse.

Apesar disso, Bolsonaro rendeu elogios ao pensador e disse, por meio do porta-voz, que ele, por meio de suas falas, tem o objetivo de contribuir com a “mudança e o futuro do Brasil”. O presidente havia compartilhado um vídeo de Olavo, em que ele critica militares do Governo.

O post, apagado de ambas as contas, gerou reações negativas. O vice-presidente, General Hamilton Mourão, disse que Olavo deveria se limitar à sua função de astrólogo. O pastor Silas Malafaia também se manifestou criticamente.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.