Em nota, AGM define como irresponsáveis declarações de Caiado

Associação ressaltou que parceria de municípios com o governo estadual é um avanço e defendeu que senador deveria “fazer melhor uso de seu mandato”

A Associação Goiana de Municípios (AGM) divulgou, nesta quinta-feira (16/3), uma nota de repúdio às declarações feitas pelo senador Ronaldo Caiado (DEM) na tribuna do Senado na última quarta-feira (15). De acordo com a associação, tratar os prefeitos goianos como cooptáveis em um momento de dificuldades é “irresponsabilidade”.

“A parceria com o Governo de Goiás, que utilizará recursos do tesouro estadual para investir em obras e ações definidas pelos próprios prefeitos, é um avanço na relação institucional com os municípios”, apontou a nota.

Segundo a AGM, as declarações de Caiado ferem quem de fato defende os interesses dos goianos, os prefeitos e seus municípios. “A AGM entende que um senador da República deveria fazer melhor uso de seu mandato, defendendo, por exemplo, os interesses dos municípios, carreando obras para as prefeituras em vez de permitir-se suscitar dúvidas, de maneira leviana sobre o trabalho desempenhado pelos prefeitos goianos”.

Na última quarta-feira (15), o senador afirmou que o governador Marconi Perillo (PSDB) estaria pressionando os prefeitos e os “comprando” com recursos da venda da Celg D. A fala do parlamentar também foi criticada pelo deputado federal Thiago Peixoto (PSD) que lembrou que os recursos que serão investidos nos municípios é fruto do superávit gerado pelo governo, enquanto que a verba da privatização da Celg terá como destinação a realização de obras estruturantes no Estado.

2
Deixe um comentário

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Denis Robson

São malas mesmo e pronto!!!

Evandro Ferreira

A tribuna do Senado é usada para qualquer tipo de situação que coloque o Estado em alerta, principalmente em questões que envolve eleições estaduais de 2018.