Em Montes Claros, Polícia Civil prende suspeito de forjar suicídio da esposa

Homem teria alegado que encontrou corpo da mulher com um elástico em volta do pescoço, laudo apontou que ela teria sofrido traumatismo craniano

Elislene de Jesus foi encontrada morta no dia 26 de março | Foto: Divulgação / Polícia Civil

Policiais civis de Montes Claros de Goiás prenderam temporariamente um homem suspeito de homicídio contra sua esposa nesta quarta-feira (12/4). Segundo o delegado Ricardo Galvão, Marcos Vinícios Barbosa teria procurado parentes alegando que encontrou o corpo da esposa, Elislene Alves de Jesus, nos fundos da casa com um elástico em volta do pescoço.

Entretanto, ao iniciar as investigações a Polícia Civil descobriu que a mulher havia sofrido traumatismo craniano. “O laudo apontou que houve luta corporal e um traumatismo craniano provocado por uma pancada na cabeça”, explicou o delegado. Galvão afirmou, ainda, que os exames mostraram que a mulher foi morta por asfixia.

Assim, foi feito um pedido de prisão preventiva de Marcos Vinícios. “Há suspeitas de que o marido tenha matado a esposa e alterado a cena do crime para forjar um suposto suicídio”, afirmou o delegado. As investigações ainda continuam e o inquérito deve ser concluído nos próximos dias. (Com informações da Polícia Civil)

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.