Em mensagem direcionada aos EUA, papa Francisco diz que racismo é intolerável

Chefe supremo da Igreja católica também censurou violência registrada das últimas manifestações no país

Foto: Mazur/ Catholicnews

Nesta quarta-feira, 3, o papa  Francisco afirmou que considera “intolerável” qualquer forma de racismo. A declaração foi feita durante uma mensagem na qual se referia aos protestos nos Estados Unidos em resposta a morte de George Floyd, homem negro asfixiado por um policial branco. Francisco também censurou a violência registrada nessas manifestações.

“Não podemos tolerar nem fechar os olhos diante de nenhuma forma de racismo ou de exclusão e pretender defender o caráter sagrado de toda vida humana” declarou o chefe supremo da Igreja católica. “Ao mesmo tempo, devemos reconhecer que a violência das últimas noites é autodestrutiva (…). Nada se ganha com a violência e muito se perde” continuou Francisco.

Francisco disse ainda que, ao lado da Igreja dos Estados Unidos e de seus fiéis, está rezando “pelo descanso da alma de George Floyd e de todos os demais que perderam suas vidas pelo pecado do racismo” e também pela “reconciliação nacional”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.