Em mensagem de Natal, Papa Francisco apela para o fim da violência

Discurso do pontífice clamou pelo fim da opressão fundamentalista

Foto: European Parliament

Foto: European Parliament

O papa Francisco apelou, na tradicional mensagem de Natal do Vaticano, pelo fim da “perseguição brutal” e dos massacres e captura de reféns, do Oriente Médio à Nigéria. Pediu ainda o fim da violência, do tráfico e dos maus tratos sofridos pelas crianças.

Na mensagem Urbi et Orbi, à cidade e ao mundo, referiu-se às violências fundamentalistas no globo. Francisco exigiu o fim da “perseguição brutal” dos “grupos étnicos e religiosos” no Iraque e na Síria e lamentou que “muitas pessoas sejam [feitas] reféns ou assassinadas” na Nigéria.

O papa lamentou ainda que “muitas crianças sejam vítimas de violência e do tráfico”, referindo-se aos que foram mortos recentemente em uma escola no Paquistão.

Deixe um comentário