Em menor número que em atos anteriores, goianienses vão às ruas contra Bolsonaro

Grupos convocados por partidos e movimentos sociais se concentraram na Praça do Trabalhador e percorreram as ruas da Centro

Em menor número que em atos anteriores, manifestantes se reuniram neste sábado, 2, na Praça do Trabalhador, no centro de Goiânia, em protesto contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Os grupos convocados por partidos políticos, movimentos sociais e sindicatos se concentraram às 9 horas e percorreram ruas da capital durante o ato, que se encerrou encerrar no Espaço Cultural, atrás do Teatro Goiânia.

O Fórum Goiano em Defesa dos Direitos, da Democracia e da Soberania, que organizou o movimento, estimou que cerca de 5 mil pessoas participaram do ato, que pediu o impeachment do presidente, mais vacinas contra a Covid-19 e atuação do governo federal para frear a crise econômica e a inflação no País.

As negligências do governo federal durante a pandemia, denunciadas pela CPI da Covid, no Senado Federal, também foram lembradas no ato, bem como os tratamentos sem comprovação científica, incentivados por Bolsonaro, para pacientes com Covid-19.

Os manifestantes carregaram bandeiras de agremiações políticas e movimentos sociais, além de cartazes com palavras de ordem, de “Fora Bolsonaro” e “Genocida”. A Polícia Militar acompanhou o andamento do ato.

Veja o vídeo:

https://www.facebook.com/forabolsonarogoias/videos/1258696221312066

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.