Em levantamento, região Sul do Brasil lidera bolsonaristas e maioria lulista mora no Nordeste

Pesquisa abarcou 2.100 pessoas de 26 estados e do Distrito Federal com o objetivo de saber quem se identifica mais com Bolsonaro ou com Lula

Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e ex-presidente Lula (PT). | Fotos: Conjur e UFRGS/reprodução

O Instituto Paraná Pesquisas divulgou nesta segunda-feira, 22, o resultado da pesquisa de opinião sobre o bolsonarismo e o lulismo. Realizada com habitantes de 26 estados e do Distrito Federal, em mais de 200 municípios, o levantamento foi realizado por meio de entrevistas telefônicas com 2.100 pessoas de 16 anos ou mais entre os dias 15 e 19 de março de 2021. O objetivo foi descobrir quem atualmente se identifica mais com o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ou com o ex-presidente Lula (PT).

Com o resultado médio, 27,6% das pessoas que responderam a pesquisa se consideraram mais bolsonaristas, 22,3% tenderam mais ao lulismo, 46,3% não se identificaram com nenhum dos dois e 3,8% não souberam responder.

Ao classificar por regiões do país, os habitantes do Sul tiveram maior porcentagem dentre os que se consideram bolsonaristas, com 34,2%, seguidos do Norte e Centro-Oeste, com 30,7%. Na porcentagem dos que se autodeclaram lulistas, o Nordeste liderou o ranking, com 31,1%. O Sudeste liderou os que não se identificam com nenhuma das duas correntes, com 45,1%.

A maior porcentagem dos que não se autodeclararam lulistas ou bolsonaristas estão na faixa de 16 a 24 anos, com 54,5%. Os que se consideraram apoiadores do ex-presidente Lula (PT) também se encontram na faixa etária de 16 a 24 anos (27,6%), e a maior porcentagem dos que apoiam o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) possuem 60 anos ou mais (30,4%).

Quanto a escolaridade dos que se consideraram bolsonaristas, a maior parte apresentou ensino superior (30%), enquanto quem se identificou com o lulismo teve maioria com ensino fundamental completo (25,8%).  Quem liderou o ranking dos que não se identificaram com nenhum dos dois também possui ensino superior (46,4%) e os que não souberam responder também só tiveram escolaridade até o ensino fundamental (5,2%).

A maior porcentagem dos homens que responderam à pesquisa não apoia nenhum dos dois (43,5%), 33,4% são bolsonaristas e 19,9% lulistas. Já quanto às mulheres, 48,8% não apoiam nem Jair Bolsonaro (sem partido), nem Lula (PT), 24,4% se dizem lulista e 22,4%, bolsonarista.

Segundo o Instituto, essa amostra representativa do Brasil atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais. Quanto às localidades, o grau de confiança atinge 95% para uma margem de erro de 3,5% na região Sudeste, onde foram realizadas 901 entrevistas e 4% na região Nordeste, com 563 entrevistas. Nas regiões Norte e Centro-Oeste, a margem de erro é de 5,5%, com 323 entrevistados. Na região Sul, a porcentagem é a mesma (5,5%) mas foram entrevistadas 10 pessoas a menos, totalizando 313.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.