Em Iporá, Caiado entrega usina de oxigênio e abre 10 leitos de UTI para tratamento de pacientes com a Covid-19

Governador também destinou novos investimentos nos setores de saúde, educação e infraestrutura. Pacote de benefícios inclui reforma de unidade de ensino e restauração de anel viário

O governador Ronaldo Caiado entregou, na última sexta-feira, 21, R$ 8,4 milhões em obras nos municípios de Iporá e Amorinópolis. Dentre elas está uma usina de oxigênio, estruturada viabilizada com recursos repassados pelo Executivo estadual.

Em Iporá, Caiado abriu também 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), destinados exclusivamente para o atendimento de pacientes com Covid-19. As UTIs estão disponibilizadas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Márcio José Gago. Somados os investimentos, viabilizados por meio da SES, os valores alcançam R$ 2,5 milhões.

“Essa região nunca teve uma UTI. Agora, temos, em Iporá, 10 leitos, com infraestrutura e aparelhagem de primeiro padrão. É um sonho que se concretiza”, afirmou o governador ao conhecer as instalações.

Para a abertura dos leitos, o Estado cedeu mais de 70 equipamentos para a terapia intensiva, com 10 respiradores, 40 bombas de infusão, 10 monitores, um respirador para transporte, dois desfibriladores e um carrinho para emergência. O custeio inicial para o funcionamento por quatro meses será de R$ 1.418.535,60.

Além de implementar as UTIs, o Governo de Goiás repassou ao município, em abril deste ano, R$ 1,1 milhão, em parcela única, para a compra de equipamentos e estruturação de uma usina de oxigênio, também na UPA Márcio José Gago, inaugurada pelo governador Ronaldo Caiado.

O gás medicinal será destinado para o Hospital Municipal de Iporá (HMI). A instalação vai gerar uma economia mensal de R$ 120 mil, valor gasto atualmente na compra de cilindros de oxigênio.

“A usina de oxigênio garante o abastecimento completo e, se necessário, pode dar suporte a outras unidades. Isso é regionalizar a saúde e dar qualidade de atendimento às pessoas”, avaliou Caiado.

Regionalização

Ao lembrar que a região também conta com 20 leitos de UTI no Hospital de São Luís de Montes Belos, o governador pontuou que o desenvolvimento do Oeste goiano vai se tornar referência na melhoria da qualidade de vida e no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) em pouco tempo.

Já o secretário Estadual da Saúde, Ismael Alexandrino, ressaltou a parceria com a Prefeitura de Iporá como “profícua”. Ele também disse e que a entrega tem como pilar a regionalização. “É a saúde de excelência e qualidade chegando ao interior”. Sobre a usina, Alexandrino afirmou que ela também vai envasar cilindros, o que dará mais segurança para a gestão de saúde.

Educação

Ainda em Iporá, o governador inaugurou a reforma do Colégio Estadual Elias de Araújo Rocha. Foram aplicados R$ 471,2 mil para a instalação do piso em granitina e reforma total de banheiros e cozinhas. Os investimentos no município incluíram ainda outras edificações como o Centro de Atendimento Educacional Especializado de Iporá e a Coordenação Regional de Educação. No total, o Executivo estadual destinou à cidade R$ 730 mil.

As obras no Colégio Estadual Elias de Araújo Rocha beneficiarão 782 alunos. “Aos professores, toda equipe da educação, meu muito obrigado pelas mudanças de rumo que deram às nossas crianças. Vale a pena acreditar na educação”, escreveu o governador, em mensagem, no mural da unidade. Reformado, o colégio já conta com câmeras de monitoramento e os alunos vão voltar às aulas com novas carteiras e salas com ar condicionado.

Administrativo

Na ocasião, também foi inaugurada a reforma geral do Centro de Atendimento Educacional Especializado de Iporá, com investimento de R$ 144,9 mil, e a reforma e ampliação da Coordenação Regional de Educação de Iporá, orçadas em R$ 114 mil.

Rodovia

Na primeira visita a Iporá, o governador assinou duas ordens de serviço. A primeira foi uma autorização para a restauração do perímetro urbano do anel viário, na GO-174. A obra terá recursos de R$ 4,9 milhões e padrão do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), com material CBUQ, um dos revestimentos asfálticos mais utilizados nas vias urbanas e rodovias brasileiras.

Já a segunda ordem de serviço foi a para a construção de uma quadra poliesportiva no Colégio Estadual Analícia Cecília Barbosa da Silva, em Amorinópolis. Por meio da Secretaria Estadual da Educação (Seduc), serão destinados R$ 330 mil no empreendimento.

Presente também ao evento, o presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), Pedro Sales, contou que tem feito constantes vistorias, em diversos municípios, como Diorama, Montes Claros e Iporá. “Esse anel viário da GO-174 é uma obra estritamente necessária. Iporá já está se transformando no cartão postal da Goinfra, de tanta obra bacana e bonita que a gente tem por aqui”, disse Sales.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.