Em homenagem a policiais mortos, Hollande diz que França não vai ceder

Presidente francês reconheceu, ainda, que “ameaça ainda existe”

Foto: Pascal Segrette / Présidence de la République Française

Foto: Pascal Segrette / Présidence de la République Française

O presidente François Hollande afirmou, nesta terça-feira (13/1), durante cerimônia em homenagem aos três policiais que morreram na sequência dos atentados extremistas da semana passada em Paris, que “a França nunca cede e nunca se verga”.

“A nossa grande França nunca quebra, nunca cede, não se verga. Dá a cara e está de pé”, disse o chefe de Estado francês, acrescentando que a “ameaça” ainda existe, no “exterior” e no “interior”.

Os ataques extremistas, que começaram no jornal satírico Charlie Hebdo, na quarta-feira (7) em Paris, e prosseguiram com a invasão de um supermercado também na capital francesa, fizeram 20 mortos, entre os quais três agentes das forças de segurança. Os três autores dos atentados também foram mortos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.