Em Hamburgo, Michel Temer diz que não existe crise econômica no Brasil

A jornalistas, presidente afirmou que existe aumento na oferta de empregos no País. Em discurso, porém, disse que o Brasil ainda está superando a crise

Coletiva de imprensa do Presidente Michel Temer ao chegar no Hotel Le Méridien em Hamburgo.
| Foto: Divulgação / Rogério Melo/PR

Em Hamburgo, na Alemanha, onde participa da cúpula do G20, o presidente Michel Temer (PMDB) afirmou nesta sexta-feira (7/7) que não existe crise econômica no Brasil. Ao chegar ao Hotel Grand Elysée Hamburg, o presidente falou rapidamente com os jornalistas e disse que os números do país apontam para o lado positivo. “Pode levantar os dados e você verá que nós estamos crescendo empregos, crescendo indústria, crescendo agronegócio. Lá não existe crise econômica”.

Ao discursar durante a reunião dos Brics (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), porém, Michel Temer preferiu dizer que o país ainda trabalha para superar a crise. “O Brasil está superando uma das crises mais graves de sua história, graças a uma ambiciosa agenda de reformas que traz de volta o crescimento e o emprego. Diante de nossos problemas, escolhemos o caminho mais responsável, que construímos em constante interlocução com o Congresso Nacional e com o conjunto da sociedade”, disse.

Temer ressaltou também a importância da cooperação entre os países que integram o Brics, aliança à qual o Brasil atribui alta prioridade. “Vemos a cooperação intra-Brics como valioso instrumento para multiplicar oportunidades, não apenas na área financeira. Temos aqui também terreno fértil para cooperar nos campos do comércio, do investimento, da inovação, ciência e tecnologia”.

O presidente está em Hamburgo, na Alemanha, para participar também da reunião do G20, grupo que reúne os 20 países mais ricos do mundo.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.