Goiânia terá Centro Olímpico Municipal

Depois de sete anos extinta, a pasta foi retomada no início de 2021 e deve contar com novos programas de incentivo aos esportes. Para 2022, pasta promete duas pistas de skate e uma de Pump Track, entre outros investimentos

Goiânia terá um Centro Olímpico voltado para as categorias de base e iniciação esportiva. As obras devem ser iniciadas já em 2022, logo após a assinatura da Ordem de Serviço, e serão custeadas com recursos obtidos por meio do Ministério da Cidadania. O investimento, além de compor a carteira de projetos prioritários para a Prefeitura de Goiânia, ilustra a importância da retomada da Secretaria do Esporte, pastar recriada em 2021, seis anos depois de ter sido extinta, em 2014. Nesse intervalo, os assuntos do universo esportivo foram tratados por uma diretoria na Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul) e depois como parte da Secretaria Municipal de Educação.

Em menos de um ano, o foco na atividade esportiva, possibilitado pela última reforma administrativa realizada pelo município, permitiu avanços importante para a área. Além do Centro Olímpico, a pasta tem em estágio avançado obras como a de construção do principal velódromo da região Centro-Oeste, que já está em fase de empenho; de duas pistas de skate e de uma de Pump Track. Em curso há, ainda, uma parceria com o Comitê Paralímpico Brasileiro para o desenvolvimento das ações paradesportivas na cidade e o projeto Esportes nos Bairros, que levará esportes todos os finais de semanas para diferentes bairros da Capital. A iniciativa começa a vigorar em março e abril de 2022.

O Esporte nos Bairros oferece 17 modalidades esportivas em seis locais diferentes espalhados por todas as regiões da cidade. A ação ocorre de janeiro a junho e de agosto a novembro. Atualmente, cerca de mil alunos já são atendidos. Para 2022, a intenção é chegar a 5 mil. “O goianiense gosta de esportes e de praticar esportes, em toda sua plenitude, desde a iniciação esportiva até o alto rendimento. Com a volta da secretaria, ações conjuntas são pensadas para movimentar o esporte na capital. Foi muito tempo sem a secretaria”, diz o secretário municipal de Esportes, Álvaro Alexandre.

Segundo ele, desde 2014, quando a Secretaria de Esporte e Lazer foi extinta, a Prefeitura de Goiânia não possuía orçamento exclusivo para o esporte. Agora, com recursos e foco no esporte, a pasta tem planos como a instalação de mais campos sintéticos na Capital. O primeiro foi inaugurado pelo prefeito Rogério Cruz (Republicanos) na semana passada.

Ao Jornal Opção, Alexandre antecipou também que em 2022 investirá na construção e reforma de espaços esportivos; além do ParaDisputas, ação voltada para pessoas com deficiência que começara no centro das Aroeiras. “A ideia é colocar em todos os nossos núcleos de Goiânia, mas a gente precisa de pessoas na ponta que façam esse trabalho, profissionais treinados junto a sociedade”, informa. Ele cita, ainda, o projeto Férias no Parque, destinado a crianças, adultos e idosos. Nele há o oferecimento e aulas coletivas gratuitas para a comunidade. A proposta deve ser retornada no próximo ano, durante os meses de julho e dezembro.

Para o ano de 2022, o titular da pasta conta também que a secretaria já possui vários projetos de iniciação esportiva, nos parques da capital, e a proposta é continuação delas. Em maio deste ano, a Prefeitura havia lançado o “Goiânia de volta ao Esporte”, em que projetos como a Copa Interbairro, uma copa de futebol society em toda capital, foi retomada. Devido a pandemia da Covid-19, em 2021, a realização de eventos de promoção de esportes na capital foi limitada, já que se faz necessário a adoção de protocolos de segurança. Porém, com o avanço na vacinação, no segundo semestre, foi possível retornar às atividades com a presença de público.

Exemplo disso foi a Copa Master de Futebol, competição realizada com sucesso este ano. Eala trouxe aos gramados do Estádio Olímpico grandes ídolos que fizeram história no futebol goiano. No tênis, uma novidade foi lançado o Ranking de Tênis – Macambira-Anicuns, o primeiro ranking público da região Centro-Oeste. As competições acontecem no Parque Municipal Odilon Soares, com grandes desafios entre os competidores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.