Em Goiânia, ministro da Educação visita e elogia novo prédio do HC

Ministro da Educação, Milton Ribeiro, confirma recursos para garantir segurança para as  escolas quando retornarem às aulas presenciais

Reitor da UFG Edward Madureira; governador Ronaldo Caiado; e ministro Milton Ribeiro | Foto: Reprodução

O titular do Ministério da Educação (MEC), Milton Ribeiro, confirmou repasse do governo federal de R$ 525 milhões, por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), para 117 mil unidades públicas de todo o país. O objetivo da verba é auxiliar instituições a adquirirem serviços e equipamentos necessários para implementar os protocolos de segurança quando for definido o retorno às aulas presenciais. 

Milton Ribeiro, contudo, não fez projeção sobre data para volta às aulas durante agenda em Goiânia neste sábado, 24, dia do aniversário da Capital, onde cumpriu série de compromissos. O primeiro de seus afazeres foi visitar o Paço Municipal; seguida de agenda no Hospital das Clínicas de Goiás (HC), unidade vinculada à Universidade Federal de Goiás (UFG) e administrada pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), ligada ao MEC. O ministro ainda participa de uma reunião no Palácio das Esmeraldas com o governador e secretários de Estado.

“Saúde e educação andam lado a lado. Os cursos de medicina e enfermagem da UFG trazem um vasto conhecimento para quem vai para o mercado de trabalho”, disse Milton Ribeiro durante a visita ao HC, onde o ministro ressaltou a importância de gestões integrativas. Ele lembrou que o MEC administra 41 hospitais universitários, onde trabalham 55 mil pessoas. O governador enalteceu a estrutura da unidade de saúde da universidade goiana: “Muito bem projetada e se adequou ao que foi necessário, acompanhou o que há de mais moderno”, pontuou Caiado, que também contribuiu para o crescimento do hospital. 

Especificamente para o novo edifício de internações, Caiado contribuiu quando estava no Congresso Nacional, junto aos colegas da bancada federal goiana, com R$ 100 milhões, que foram aplicados na finalização da obra. Ao falar sobre a inauguração oficial da estrutura, daqui a dois meses, durante as comemorações dos 60 anos da UFG, o governador mencionou a repercussão que o ato provocará na vida de toda a população. “Na área educacional, teremos aqui a condição de qualificar nossos alunos de medicina com as técnicas mais atuais. O curso de medicina na UFG é um destaque e um orgulho para todos nós”, frisou.

A comitiva que acompanhou o líder estadual do Executivo e o ministro também passou pelo Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública (Iptsp), unidade da UFG multidisciplinar de ensino, pesquisa e extensão, criada em 1967.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.