Em Goiânia, Marconi pede apoio de ministro do STF para criação do Fundo Nacional de Segurança

Governador também citou as manifestações do último domingo (15) para pedir “decência e cumprimento de compromissos por políticos e governo”

Foto: Lailson Damasio

Foto: Lailson Damasio

Durante cerimônia de entrega de certificados de capacitação a servidores públicos, nesta segunda-feira (16/3), no Centro Cultural Oscar Niemeyer, o governador Marconi Perillo (PSDB) pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, presente na solenidade, apoio para a criação de um “Fundo Nacional de Segurança Pública”.

A sugestão do tucano é que a Constituição Federal seja alterada e o governo federal passe a ser obrigado a aportar recursos, constitucionalmente vinculados, para auxiliar os Estados, responsáveis diretos pela área de Segurança Pública.

“Acho que temos de ter uma agenda para a Segurança Pública, que implique numa ação diplomática em relação aos países que exportam drogas ou que permitem o contrabando de drogas e armas para o Brasil, porque 80% dos crimes estão relacionados ao contrabando de drogas e de armas”, defendeu.

Em discurso, o governador sugeriu também um maior controle das fronteiras pelas Forças Armadas, além da utilização do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) para a finalidade original, que é colocar dinheiro no sistema prisional e, não, para atingir as metas do superávit primário.

Durante sua fala, Marconi fez referência às manifestações públicas ocorridas no último domingo (15), pedindo  “decência, o cumprimento de compromissos por políticos e governos e, especialmente, para pedir eficiência na gestão pública, enxugamento das máquinas gestoras país afora”.

“Se hoje assistimos a uma grande crise hídrica em algumas partes do Brasil, aqui em Goiás há 14 anos, de forma planejada, foram adotadas soluções para os problemas de fornecimento de água nas duas maiores regiões metropolitanas do Estado”, disse.

Entrega de Certificados. Foto Lailson Damasio (8)

Foto: Lailson Damasio

Formandos

Receberam certificados de conclusão dos cursos de Gestão Governamental e Capacitação e Desenvolvimento Institucional 1.172 servidores, da capital e do interior, que cumpriram uma maratona de quatro meses de estudos, desenvolvida em grande parte por meio de aulas online e ao vivo, fóruns virtuais e ciclo de conferências com palestras presenciais.

Os cursos, na modalidade de educação a distância, foram oferecidos gratuitamente a servidores estaduais pela Segplan, por meio da Escola de Governo Henrique Santillo. As aulas integram o Programa de Capacitação e Aperfeiçoamento dos Servidores do Poder Executivo do Estado de Goiás.

“Vocês, certamente, terão melhores condições agora de nos ajudar nessa tarefa de escolher prioridades e destrinchar essa teia, colaborando com a construção de uma administração que garanta a Goiás as melhorias que desejamos e planejamos. Isso representará, sem dúvida, mais qualidade de vida para os nossos cidadãos”, disse Marconi aos formandos, durante solenidade.

Deixe um comentário