Em Goiânia, manifestantes vão para as ruas pedir renúncia de Dilma

Dezenas de pessoas se reúnem na sede da PF, na capital, desde às 21h30 desta 4ª-feira

Manifestantes contrários ao governo da presidente Dilma Rousseff (PT) se reúnem, na noite desta quarta-feira (16/3) , em frente à sede da Polícia Federal, no Setor Bela Vista, em Goiânia. Eles protestam contra a nomeação do ex-presidente Lula ao Ministério da Casa Civil e também pedem a renúncia da presidente.

Com cartazes e panelas, os manifestantes gritam palavras de ordem  e chamam as pessoas para as ruas para “derrubar o PT”. Eles estão reunidos desde às 21h30 no local e não há previsão para o término do protesto.

Devido ao ato, partes das avenidas Eduardo de Abreu e Coronel Eugênio Jardim estão interditadas.

Assim como na capital, cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba também registram protestos contra Lula e Dilma. No Distrito Federal, manifestantes tentaram forçar a entrada no Congresso, mas foram impedidos por policiais legislativos que utilizaram gás de pimenta e bombas de efeito moral.

Em Goiânia, a manifestação ocorre de forma pacífica, sem registros de violência. Confira abaixo vídeos do ato:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.