Em Goiânia, manifestantes lavam bandeiras do Brasil contra corrupção

Confira vídeos e fotos da manifestação que ocorre em frente à sede da PF, na capital

Este slideshow necessita de JavaScript.

Centenas de pessoas protestam na tarde deste domingo (4/12) em frente à sede da Polícia Federal, em Goiânia. Os manifestantes defendem a operação Lava Jato e o juiz Sério Moro, e são contra a proposta de abuso de autoridade para o Judiciário e Ministério Público.

Vestida de verde e amarelo, a multidão bloqueia os dois sentidos das avenidas Edmundo Pinheiro de Abreu e Coronel Pinheiro de Abreu, no Setor Pedro Ludovico.

Os manifestantes entoam gritos de guerra, pedem a saída do presidente do Senado, Renan Calheiros, e a prisão do ex-presidente Lula.  Eles também leem os nomes dos deputados federais goianos que votaram a favor do projeto que tipifica o crime de responsabilidade para o Judiciário e o Ministério Público.

Em cima de carros de som e também no chão, pessoas lavam bandeiras do Brasil em protesto. A manifestação começou por volta das 15 horas. Praticamente em frente ao local em que é realizada a manifestação, na sede do Goiás Esporte Clube, está sendo velado o corpo do cinegrafista Ary Júnior, vítima de tragédia aérea na Colômbia.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.