Em Goiânia, inflação de abril recua para 0,53%

Dos 205 produtos e serviços pesquisados mensalmente pelo IMB/Segplan, 123 apresentaram elevações nos preços, 33 ficaram estáveis e 49 tiveram variações negativas

Após registrar considerável elevação em março, quando fechou em 1,22%, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) em Goiânia recuou para 0,53% em abril. Em relação ao mesmo mês do ano passado, o índice apresentou queda de 0,16%.

O levantamento divulgado pelo Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos da Secretaria de Gestão e Planejamento (IMB/Segplan) na tarde desta quinta-feira (8/5) também mostra que, no ano, o índice acumula alta de 3,31%, acima dos 2,76% apurados no mesmo período de 2013.

Dos 205 produtos e serviços pesquisados mensalmente pelo IMB/Segplan, 123 apresentaram elevações nos preços em abril, 33 ficaram estáveis e 49 tiveram variações negativas na comparação com março. Na época, o acréscimo foi justificado pelo aumento da inflação nos produtos do ramo alimentício, responsável por 75% da elevação registrada.

Dessa vez, os maiores impactos ocorreram nos segmentos de vestuários (de 0,33% para 1,36%) e saúde e cuidados pessoais (de 0,87% para 1,22%). Já os preços dos alimentos teve variação menor, baixando de 2,97%, em março, para 0,54%, em abril. Ainda assim, raízes e tubérculos (5,21%), aves e ovos (5,50%) integram a lista dos produtos que mais impactaram na composição do índice.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.