Em Goiânia, advogados organizam protesto contra reforma da Previdência

Objetivo é pedir reprovação da proposta no Congresso Federal e esclarecer população sobre reais impactos da medida na aposentadoria do trabalhador

Um grupo de advogados previdenciários organizou uma manifestação no próximo domingo (18/12), para protestar contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, do Governo Federal, que reforma a Previdência. Marcado para as 15 horas, o protesto também tem como objetivo esclarecer o que realmente mudará caso a PEC seja aprovada no Congresso Federal.

A advogada Silvana Alves, uma das organizadoras do protesto em Goiânia, defendeu a importância de conscientizar a população sobre os reais efeitos da PEC. De acordo com ela, o movimento surgiu dentro da classe da advocacia e quer tomar corpo e atrair trabalhadores, sindicalizados, ou seja, a população em geral.

“É um movimento que advogados estudiosos do Direito Previdenciário começaram a encampar no Brasil inteiro e a ideia foi tomando corpo”, contou ela. “Através de nós, advogados previdenciários, a informação começou a ser levada para a população que vai ser diretamente atingida com essa reforma.”

Além de Goiânia, serão realizados protesto em diversas outras cidades brasileiras. Segundo a organização, já estão confirmados movimentos em Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Blumenau (SC), Franca (SP), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Marília (SP), Natal (RN), Sorocaba (SP), Recife (PE), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ), Vinhedo (SP), Santa Cruz do Sul (RS) e Teresina (PI). A concentração será na Praça Tamandaré.

O grupo também organizou um panfleto com os principais pontos pelos quais eles discordam da proposta. Confira a lista:

contra-a-reforma-da-previdencia

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.