Em duelo com Zé Maria, Gibson, da novela A Regra do Jogo, leva tiro e é dado como morto

Coluna de jornal do Grupo Globo publica a informação, mas não esclarece se há a possibilidade de algum despiste

José de Abreu 1241201--a-regra-do-jogo-gibson-jose-de-950x0-2

O jornal “Extra!” é do Grupo Globo. A coluna “Telinha”, assinada por Carla Bittencourt, portanto publica notícias oficiais ou quase sobre as novelas da TV Globo. Na sexta-feira, 4, a jornalista divulgou que Gibson Stewart morrerá no último capítulo da novela“A Regra do Jogo” (que está cada vez mais parecida com a realidade brasileira). Ele é o famoso e ex-oculto chefe da Facção, organizada criminosa.

Gibson foge de helicóptero, mas é perseguido por Zé Maria, o criminoso regenerado, pai de Juliano, o galã Cauã Reymond. No confronto, Gibson recebe um tiro e, segundo Carla Bittencourt, “é dado como morto” (depois que o bandido-quase mocinho Romero “morreu” e “renasceu”, não será surpresa se o chefão escapar).

“Parte do elenco gravou o enterro do personagem, ontem, num cemitério do Rio. Na gravação estavam todos os familiares dele, mais o núcleo de Feliciano (Marcos Caruso). Como as cenas finais estão sendo entregues apenas para quem vai participar, é possível que tudo seja parte de um plano de Gibson e que ele reapareça vivo no último capítulo”, afirma a coluna.

Deixe um comentário