Em diálogo com Ciro Nogueira e Valdemar Costa Neto, Fábio Sousa deve decidir destino político nesta semana

Ex-deputado federal pelo PSDB esteve em Brasília em busca de construir candidatura para a Câmara Federal

Prestes a definir por qual sigla deve concorrer a um das 17 cadeiras disponíveis para o Estado de Goiás na Câmara dos Deputados, em Brasília, o ex-deputado federal Fábio Sousa (sem partido) deve decidir ainda nesta semana qual rumo tomará. Ele foi convidado pelo presidente Nacional do Progressistas e ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e também pelo presidente Nacional do PL, Valdemar Costa Neto, com os quais se reuniu na busca por uma filiação partidária. 

Como adiantado pelo Jornal Opção, o intuito do deputado é caminhar com um partido que esteja alinhado com o presidente Jair Bolsonaro (PL). Ambos as siglas com as quais ele dialoga cumprem essa predisposição. Fábio esteve filiado ao PSDB por 18 anos (2003 a 2021) e está sem partido desde maio do ano passado. O ex-tucano esteve em Brasília na última semana para conversar com Ciro Nogueira em busca de uma construção para a pré-candidatura, assim como pleitear investimentos para o Estado com quem ele considera o “principal ministro político do governo”.

“Estamos conversando muito. Ainda estou analisando entre ele e o PL. Não saio destes dois porque os mesmos estarão na base do presidente Bolsonaro”, explica o político, que avalia que as duas chapas estão “muito iguais” e podem contar com dois “puxadores de voto”. Antes disso, Fábio também esteve com Valdemar e com os liberais Sóstenes Cavalcante (PL-RJ) e Autineu Cortês (PL-RJ), também tentar viabilizar a pré-candidatura.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.