Em dia de manifestações, SMT fecha anel interno da Praça Cívica

Fechamento no início da tarde foi motivado por movimento contra o aborto. Ato contra cortes na Educação também está marcado para esta quinta-feira

O anel interno da Praça Cívica foi fechado pela Secretaria Municipal de Transito (SMT) no início da tarde desta quinta-feira, 30. O fechamento teria sido motivado por uma manifestação contra o aborto marcada para as 13h, além do protesto contra contingenciamento na Educação, marcada para as 16h.  Ruas próximas ficaram congestionadas.

O ato nomeado “Marcha em favor da vida e contra o aborto” tem, segundo a SMT, previsão de participação de 10 mil pessoas.

Ainda em nota a Secretaria informou que a caminhada que foi iniciada na Praça Cívica, seguirá pela Av. Araguaia , Rua 4, Av. Tocantins, finalizando, novamente, na Praça Cívica.

Ato contra cortes na Educação

Um segundo ato está marcado para esta quinta, 30. Lideranças estudantis marcaram novo protesto contra o anúncio de cortes de verba para Instituições Federais de Ensino. O anúncio feito há cerca de um mês pelo Ministério da Educação (MEC) causou manifestações em todo o país no dia 15.

A concentração será feita na Praça Universitária, às 16h, e deve passar pela Praça Cívica por volta das 18h. A previsão é que a caminhada se encerre na Praça dos Bandeirantes.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.