Em dia de eleição do diretório estadual, líderes do PMDB defendem união do partido

Durante discursos na manhã desta sexta-feira (5/2), Maguito, Iris, Daniel e Nailton conclamaram militância em prol de um único projeto 

Deputado Daniel Vilela durante discurso na sede da legenda em Goiás | Foto Alexandre Parrode

Deputado Daniel Vilela durante discurso na sede da legenda em Goiás | Foto Alexandre Parrode

Alexandre Parrode e Marcelo Gouveia

As principais lideranças do PMDB goiano se reuniram na manhã desta sexta-feira (5/2) durante a convenção estadual do partido, na capital. Em um palanque, os ex-governadores Iris Rezende e Maguito Vilela se uniram aos postulantes à direção do diretório estadual, Daniel Vilela e Nailton Oliveira, para conclamarem a união da militância.

Com aposta na renovação da legenda, Daniel Vilela, enfatizou, durante pronunciamento, o futuro do PMDB à frente de um novo caminho político para o Estado. Com críticas à gestão do governador tucano Marconi Perillo, o candidato destacou como prioridade as eleições municipais deste ano.

Em entrevista, Daniel voltou a enfatizar a tônica do atual, mas já conhecido discurso do PMDB no Estado: a união da legenda em prol de um único projeto. Por isso, o deputado afirmou ser natural que durante a disputa aja divergências, mas disse que elas acabam nesta sexta-feira, com a proclamação do resultado. “Acabada a disputa, será a hora de unir o partido. Nós, peemedebistas, temos ideais em comum e trabalharemos juntos para levar as melhores propostas para nossos municípios e nosso Estado.”

Ao lado do filho, o prefeito de Aparecida e ex-governador do Estado, Maguito Vilela, fez um discurso acalorado, destacando a representatividade do decano peemedebista Iris Rezende na história política do partido e do Brasil. “Cumprimento nosso líder maior, Iris Rezende. Foi ele quem começou a redemocratização do País”, disse.

Durante pronunciamento, Maguito também adiantou que a cúpula nacional do PMDB irá participar do processo para escolha de nomes para as próximas eleições. Segundo o peemedebista, o presidente nacional da legenda e vice-presidente da República, Michel Temer, deve vir pessoalmente a Goiânia, no mês de março, para traçar as linhas para os pleitos vindouros.

Nailton também usou a palavra para apregoar a unidade da sigla, mas não deixou de alfinetar os colegas que defendem uma reforma no PMDB exclusivamente a partir da atuação de novas lideranças. “Muitos falam que os velhos têm que sair da política, mas, na política, você só sabe o dia que entra, e não sabe o momento que sai”, disse.

Com os adesivos dos dois candidatos colados ao peito, Iris Rezende disse que ficou lisonjeado quando foi procurado recentemente para liderar o partido em Goiás, mas avalia que a legenda “precisa aprender a disputar, idealizar e discutir”. O decano pediu aos filiados que levem a mensagem da legenda por todo o Estado e acrescentou: “Só o PMDB é capaz de mudar os destinos do País. Temos os pilantras também no partido afora, que nos envergonham, mas o PMDB é diferente. Vocês são diferentes”.

Ao lado do líder peemedebista, a ex-deputada federal Dona Íris, ao contrário do marido, estampava no peito apenas o adesivo do ex-prefeito de Bom Jardim de Goiás Nailton Oliveira. Também estavam no palanque improvisado na porta da sede do Diretório Estadual do PMDB, no Setor Aeroporto, o deputado estadual José Nelto, o deputado federal Pedro Chaves e o presidente nacional da juventude do PMDB, Pablo Rezende.

Em clima de disputa, os filiados do PMDB votam até às 15 horas na nova chapa que passará a comandar a legenda em Goiás. Com a derrubada dos 67 pedidos de impugnação de diretórios municipais apresentados pela chapa de Nailton, acertada em reunião na última quinta-feira, representantes partidários de 146 municípios participam do pleito.

Confira abaixo vídeos com os discursos do ex-governador Iris Rezende e do deputado federal Daniel Vilela, durante as eleições do diretório estadual do PMDB:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.