Em depoimento ao MP, enfermeira admite ter fingido aplicar vacina contra Covid-19 em idosa

Agente de saúde foi flagrada em vídeo e afastada de suas funções

Vídeo registra momento em que enfermeira deixa de imunizar idosa | Foto: Reprodução

Compareceu nesta sexta-feira, 12, ao Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) a enfermeira que não aplicou a vacina contra Covid-19 em Floramy de Oliveira Jordão, de 88 anos. A profissional foi ouvida pela promotora Marlene Nunes Freitas Bueno e admitiu fingir imunizar a idosa após ter inserido a agulha em seu braço. A agente de saúde foi afastada das funções.

O momento, que aconteceu em Goiânia na terça-feira, 9, foi registrado em vídeo e publicado pela filha de Floramy de Oliveira Jordão.  A idosa só foi imunizada depois que a filha protestou junto aos funcionários da Secretaria Municipal de Saúde. Ela também foi ouvida nessa sexta-feira pelo MP-GO, juntamente com outra profissional que trabalha na linha de frente da vacinação na Capital. 

“O que fundamenta a investigação é a conduta da profissional e a responsabilidade da secretaria para garantir normalidade. A secretaria tem que buscar os meios necessários para deixar a sociedade tranquila. Nosso objetivo imediato, nesse momento, é tranquilizar a sociedade”, afirmou a promotora Marlene Nunes Freitas Bueno, que analisará documentos pessoais da investigada para apurar se há contatos que possam ter ligações com o fato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.