Em Curitiba, candidato a prefeito afirma já “ter vomitado” ao sentir “cheiro de pobre”

Rafael Greca (PMN) já comandou cidade e é líder nas pesquisas de intenção de voto; de acordo com ele, frase foi descontextualizada numa tentativa de enganar as pessoas

Afirmação foi feita durante sabatina realizada pela PUCPR | Foto: Reprodução/Facebook

Afirmação foi feita durante sabatina realizada pela PUCPR | Foto: Reprodução/Facebook

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) realiza, desde a última segunda-feira (19/9), uma sabatina com os candidatos à Prefeitura de Curitiba. Na noite da quinta-feira (23) o líder das pesquisas, Rafael Greca (PMN), foi um dos sabatinados e durante uma das respostas soltou uma frase que gerou polêmica.

Greca, que já foi prefeito da cidade, foi questionado sobre o que fará em relação ao crescimento do número de moradores de rua na cidade caso seja eleito. Citando sua passagem como coordenador da Casa dos Pobres da Igreja Católica, o prefeitável sugeriu a criação de albergues como uma possível solução.

Ainda respondendo à pergunta, o candidato relembrou uma passagem da sua vida e disse que nunca cuidou dos pobres. “Eu não sou São Francisco de Assis. Até porque a primeira vez que tentei carregar um pobre e pôr dentro do meu carro eu vomitei por causa do cheiro”, declarou.

Em nota publicada em seu Facebook, Rafael Greca pediu perdão pelas palavras usadas. “Não tive a capacidade de explicar a dificuldade que vivi ao tentar realizar o trabalho de resgate social na minha juventude”. Segundo ele, o que falou foi descontextualizado numa tentativa de enganar as pessoas.

“Com sinceridade disse que não tenho a capacidade desses profissionais para o resgate, mas que acima de tudo, admiro, respeito, faço e farei o possível e impossível para mudar o quadro de abandono nas ruas. Peço que me perdoem pela falta de clareza do discurso. Não me interpretem mal”, finalizou.

Greca foi prefeito entre 1993 e 1966. Ex-integrante do PMDB, o candidato já foi vereador, deputado estadual, deputado federal e ministro do Exporte e do Turismo no governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Sua chapa atual é apoiada por seis partidos, incluindo o do governador do Paraná, Beto Richa (PSDB).

Confira o vídeo com a resposta completa do candidato:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.