Em coletiva, Marconi anuncia criação de força-tarefa para enfrentar violência em Goiás

Anúncio vem dois dias após a morte da estudante Nathália Zucatelli, de 18 anos, assassinada na saída de colégio localizado em bairro nobre da capital

Marconi durante entrevista coletiva nesta quarta-feira / Foto: Larissa Quixabeira/Jornal Opção

Marconi durante entrevista coletiva nesta quarta-feira / Foto: Larissa Quixabeira/Jornal Opção

*Com informações de Larissa Quixabeira

Recém-chegado de um missão internacional na Oceania, o governador Marconi Perillo (PSDB) convocou a imprensa, na manhã desta quarta-feira (24/2), para anunciar a criação de uma força-tarefa que atuará na questão da violência no Estado de Goiás.

A ação terá contribuição do Tribunal de Justiça, da Secretaria de Segurança Pública, da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Goiás (OAB-GO) e da Assembleia Legislativa de Goiás, que traçarão um diagnóstico para avaliar a situação e tomar as medidas cabíveis.

Com a criação da força-tarefa, Marconi também informou que irá colocar em prática o programa “Goiás com Vida”, que empreenderá, segundo o tucano, uma verdadeira “cruzada pela paz” no Estado.

O anúncio do gestor vem dois dias após a morte da estudante Nathália Zucatelli, de 18 anos, assassinada na noite da última segunda-feira (22), quando deixava o colégio em que estudava no Setor Marista, em Goiânia.

Marconi afirmou que vai atuar com maior vigor para desvendar o crime o mais rápido possível e garantiu que a polícia está empanhada no caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.