Em clima de despedida, ministro da Saúde comunica que Bolsonaro irá substituí-lo 

Apesar do desgaste que se arrasta há um tempo, Mandetta se comprometeu a aguardar a escolha de seu substituto para só então deixar o cargo

Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde, e Jair Bolsonaro, presidente | Foto: Reprodução

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, deve, de fato, deixar o posto. Acontece que na noite da última terça-feira, 14, o auxiliar se reuniu com integrantes da pasta onde conversou com os colegas em tom de despedida.

Conforme mostrado pela coluna Painel do jornal Folha de S. Paulo, o ministro disse, inclusive, que o presidente da República, Jair Bolsonaro, já procura alguém para substituí-lo.

Apesar de alguns membros de sua equipe dizerem que o ministro deveria, diante disso, deixar o cargo imediatamente, Mandetta recusou. Segundo o ministro, ele teria combinado de esperar a escolha de seu substituto antes de deixar o posto.

O clima tenso entre o ministro e o presidente já se arrasta há algum tempo. No entanto, segundo a publicação, Mandetta teria perdido apoio do núcleo militar do governo após entrevista com ‘provocações desnecessárias’ concedida ao Fantástico da Rede Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.