Em busca de cadeira na Alego, Sargento Novandir vai para o Avante

Vereador que se vestiu de palhaço na crise do IPTU em Goiânia, ele fará parceria com o colega Thialu Guiotti, que concorre a federal

O vereador e pré-candidato a uma das 41 cadeiras disponíveis na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) Sargento Novandir (sem partido) vai se filiar ao Avante nesta terça-feira, 7. O político que se vestiu de palhaço após votar a favor do aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) deixou o Republicanos do prefeito Rogério Cruz no início de janeiro “sem saber os motivos” e sem a janela partidária. Segundo fontes republicanas houve consenso pela saída.    

A confirmação foi feita tanto pelo presidente da sigla, o vereador Thialu Guioti, quanto pelo parlamentar, que confirmaram a intenção de fazer uma dobradinha para concorrerem, respectivamente, aos cargos de deputado federal e deputado estadual.  

A chegada também representa um fortalecimento na Câmara Municipal de Goiânia, segundo o presidente Thialu Guioti, porque o partido se torna a segunda maior bancada da Casa no lugar o Republicanos, antigo partido de Novandir. Com isso, o Avante conta com três vereadores, além de Thialu e Novandir, contam com o vereador Geverson Abel.  

“Estamos trabalhando para eleger três deputados estaduais e dois deputados federais e podemos, inclusive, contar com a segunda maior bancada da Câmara Municipal [hoje é o MDB, com seis nomes]. Estamos com conversas com outros três vereadores que estão em outras siglas e estamos trabalhando para montar uma chapa forte para deputado estadual e para deputado federal com nomes que já foram testados em urnas”, comentou o presidente da sigla que está animado com a chegada de Novandir.  

Sem janela 

A janela partidária para deputados distritais, deputados estaduais e para os deputados federais abriu no último dia 3. Os vereadores, contudo, não têm acesso a janela, só abrirá novamente em 2024 (ano eleitoral) para estes parlamentares. Apesar da situação, o presidente da sigla, reitera que Novandir está sem partido. “Foi expulso já está livre, leve e solto”, acrescentou o presidente que não crê em sanções.  

O vereador Sargento Novandir também não acredita em sanções. Segundo ele, sua equipe jurídica disse que não há chances de perda de mandato na Câmara Municipal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.