“Eles tem o apoio do povo venezuelano, com o endosso da nossa Constituição, com a garantia de estar do lado direito da história”, destaca o presidente autoproclamado

Presidente autoproclamado da Venezuela, Juan Guaidó / Foto: reprodução

O autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, disse, na manhã desta terça-feira, 30, que se encontra com as principais unidades militares das Forças Armadas do País e que deu início à fase final da “Operação Liberdade”. O comunicado foi feito via Twitter.

No post, Guaidó escreveu ainda que “o povo da Venezuela iniciou o fim da usurpação”. Ele tem convocado a população para ir às ruas reivindicar a derrubada do presidente Nicolás Maduro. “Povo da Venezuela, é necessário que saímos juntos para a rua, para apoiar as forças democráticas e recuperar a nossa liberdade”, escreveu.

Não se sabe, ao certo, quantos militares estão do lado do presidente autoproclamado na empreitada em favor da derrubada de Maduro. Porém, o líder do movimento de renovação política tem reunido forças para a tomada do Poder e, aparentemente, atraído parte dos militares.

Sobre a possível aproximação, Guaidó ressaltou que eles estão tomando a decisão certa, “eles tem o apoio do povo venezuelano, com o endosso da nossa Constituição, com a garantia de estar do lado direito da história. Para implantar as forças para alcançar a cessação da usurpação”, manifestou via Twitter.