Em Aparecida, comércios de bebidas alcoólicas terão que instalar câmeras de segurança

“Queremos ajudar a combater a criminalidade com inteligência, utilizando a tecnologia e a inovação para que possamos contribuir com os agentes de segurança pública”, disse o prefeito Gustavo Mendanha

Foto: Felipe Cardoso/Jornal Opção

Foi sancionada na manhã desta segunda-feira, 1º, pelo prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, a Lei Municipal que prevê a instalação de circuito de câmeras de monitoramento em estabelecimentos que comercializam bebidas alcoólicas, como bares, distribuidoras de bebidas, supermercados, postos de combustíveis, boates e similares.

A Lei Municipal nº 3.462, de 21 de março de 2019 altera a Lei Municipal n° 3.320/2016, de 07 de junho de 2016. O gestor assinou ainda, na oportunidade, o decreto regulamentador.

“O decreto regulamenta toda a parte técnica, e a partir de agora todo estabelecimento tem a obrigação de instalar câmeras de segurança tanto internas quanto externas, evitando qualquer ponto cego”, afirmou o promotor de Justiça, Milton Marcolino, da Promotoria do Júri de Aparecida de Goiânia.

O promotor conta ainda, que esta ação tem o objetivo de trabalhar em prol da sociedade, protegendo a vida dos comerciantes, dos funcionários e de todos que frequentam o local, visando reduzir de forma drástica o número de homicídios. O comerciante poderá adquirir qualquer equipamento de vigilância desde que esteja de acordo com as normas técnicas da Lei, e possua, no mínimo, quatro câmeras, sendo que duas devem ser instaladas na parte interna e duas na externa.

“A Constituição fala que a segurança é dever do Estado, mas é obrigação de todos. Então nós estamos aqui cumprindo a nossa parte, a prefeitura está cumprindo a parte dela, os vereadores cumpriram a parte deles, e em conjunto estamos proporcionando uma segurança melhor à comunidade de Aparecida de Goiânia”, concluiu Milton.

Para a delegada Cibely Tristão, esta ação visa reduzir os índices de criminalidade, “principalmente no que tange a crimes graves como homicídios, roubos, tráfico de drogas”, ela reitera que a intenção do poder público municipal é preservar o bem maior que é a vida.

O prefeito Gustavo Mendanha esclarece que a prefeitura dará um prazo para que os comerciantes se adequem às novas exigências, e em um segundo momento atuará com maior rigidez, aplicando multas. “Nós temos tolerância zero com o crime na cidade de Aparecida de Goiânia”. O prefeito afirma ainda, que instalará mais de seiscentas câmeras de segurança na cidade: “O que nós queremos é ajudar a combater a criminalidade com inteligência, utilizando a tecnologia e a inovação para que possamos contribuir com os agentes de segurança pública a reduzir a criminalidade”, concluiu.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.