Em Anápolis, José Eliton diz que sua missão é uma agenda de conquistas e avanços

Aos líderes religiosos presentes, governador disse que é parceiro por convicção

José Eliton em reunião com prefeito de Anápolis. Roberto Naves | Foto: Marco Monteiro

Ao visitar na manhã desta quinta-feira (12/4) o prefeito de Anápolis, Roberto Naves, o governador José Eliton foi recebido por um grupo de lideranças evangélicas do município e reafirmou a continuidade das parcerias com o segmento religioso. O prefeito encarregou o vice-prefeito, Márcio Cândido, de coordenar a reunião.

José Eliton explicou que sua missão é consolidar uma agenda em Goiás que estabeleça conquistas e avanços para cada um dos goianos. Ele pediu ao vice-prefeito que organize despachos individuais aos líderes religiosos, para ampliar e fortalecer as parcerias das igrejas com o governo do Estado. “As igrejas são um porto seguro”, disse José Eliton, observando que elas contribuem para levar as ações de natureza social do Estado às pessoas.

“Sou parceiro por convicção, por saber que ninguém constrói nada sozinho”, disse o governador, ao enfatizar que por isso fez questão de visitar Anápolis, no quarto dia de governo. “Hoje,  a cidade verifica que a tempo e modo nós estamos avançando”, disse, referindo-se aos investimentos do governo do Estado no município.

Ele destacou os avanços administrativos iniciados no governo de Marconi Perillo e que terão sequência em sua gestão. São R$ 15 milhões que estão sendo repassados pelo programa Goiás na Frente à prefeitura, construção do Aeroporto de Cargas, do Centro de Convenções, do Anel Viário, ampliação do Daia e o do Huana, investimentos em saneamento urbano, construção do presídio e do Centro Sócio Educativo (Case) para adolescentes em situação de vulnerabilidade social, entre outras.  “Estamos estabelecendo todo um conjunto de ações prioritárias para Anápolis, em conjunto com a administração do município”, afirmou Eliton, observando que trata-se de uma “agenda intensa”.

Assinalou que não é um governador que resolve as coisas “na bravata”, e saberá valorizar o legado de Marconi Perillo. “Não ficarei olhando para o retrovisor, meus olhos estarão voltados para frente, para o futuro”. Adiantou que o governo terá foco no cidadão, no ser humano.

A reunião com os líderes evangélicos, destacou, possibilitou que reafirmasse um princípio importante: “Podem contar comigo. Estarei junto com vocês nos momentos fáceis, mas também nos momentos difíceis”. Os pastores lembraram que Anápolis foi a cidade que teve maior redução dos índices de dengue, porque  houve ampla mobilização das lideranças religiosas.

Márcio Cândido deu as boas vindas ao governador, ressaltando que o segmento evangélico tem muita força no munícipio. Citou o que seria da cidade se não tivesse uma UniEvangélica,  se os líderes religiosos não colaborassem para ajudar na segurança pública.

O vice-prefeito pediu apoio do governador para a realização dos eventos religiosos na cidade, como a tradicional Marcha para Jesus e as concentrações públicas de fiéis que são realizadas no período de Carnaval.

Logo após o encontro com líderes religiosos, o governador se reuniu com vereadores do município, no gabinete do prefeito. A exemplo do que disse aos pastores evangélicos, José Eliton afirmou que pretende governar com a participação de todos e considera importante o trabalho que o vereador desempenha, no sentido de aproximar a administração municipal dos cidadãos, dando capilaridade às parcerias da Prefeitura  com o governo do Estado.

Apae

Na terceira agenda do dia cumprida na cidade, José Eliton esteve na Escola Montessori, onde funciona a Apae. Lá, foi recebido por centenas de alunos, professores e diretores em rápida cerimônia realizada no auditório da entidade.

O governador recebeu a saudação do presidente da Apae de Anápolis, Hélio José Lopes, que agradeceu a visita e a deferência de José Eliton por ter escolhido visitar a entidade nos quatro primeiros dias de sua gestão. “Uma demonstração de respeito, carinho e consideração com a nossa entidade”, comentou.

A Apae de Anápolis, fundada em 1969, é uma das cinco maiores e mais bem estruturadas dentre as 2.700 unidades existentes no Brasil. Com aproximadamente 600 alunos em dois períodos, desde 1994 ela é a única entidade do Estado a realizar o Teste do Pezinho e a tratar doenças diagnosticadas no programa nacional de triagem neonatal do SUS.

José Eliton e autoridades que o acompanharam na visita foram recebidos com a encenação da canção “Pintor do Mundo”, feita por alunos e professores da Apae. A apresentação teatral foi tema do discurso proferido em seguida pelo prefeito Roberto Naves, para quem, “José Eliton é um artista que Deus mandou para pintar com responsabilidade os caminhos do nosso Estado”.

A canção, de autoria do Padre Lucas, diz em um de seus refrões: “O maior pintor do mundo está pintando a minha história. Ele assinou a obra que sou eu e na assinatura está escrito: Deus”. Antes da fala do governador, a Apae o presenteou com um quadro pintado pelo aluno Jean Carlo.

José Eliton agradeceu emocionado tantas demonstrações de carinho e apreço de alunos, professores, diretores e da comunidade anapolina. “Fiz questão de estar aqui para reiterar o que disse quando de minha posse: quero trabalhar muito por Goiás”.

Também fazendo uso da mensagem expressa na música “Pintor do Mundo”, o governador declarou que quer ser “o pincel que espalha as tintas que darão um colorido mais bonito para Goiás”. Salientou que a Apae de Anápolis oferta serviços que trazem esperança, fé e respeito. E lembrou dos objetivos do programa Goiás na Frente Terceiro Setor, que ajuda as entidades assistenciais.

Reafirmou que ampliará o alcance social do programa Jovem Cidadão, dando a oportunidade do primeiro emprego a jovens com necessidades especiais. Essa inovação, anunciou, será lançada em Goiânia na próxima semana.

“Estamos espalhando solidariedade por todo o Estado. Isso dá sentido à atividade política. Só há sentido no exercício de uma atividade política, se for para fazer o bem às pessoas. Vocês nos dão uma lição de vida, de esperança e de determinação”, salientou José Eliton.

Encerrou seu pronunciamento garantindo que durante os meses que restam de seu mandato, irá semear a semente do bem, “fazer com que Goiás olhe para a frente, na fraternidade, no respeito, contra preconceitos, indiferença e discriminação, para que sejamos um Estado melhor. Este é o meu sonho”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.