A partir de agosto, INSS usará ‘selfie’ como prova de vida de aposentados

Método alternativo funcionará inicialmente como piloto, com cerca de 550 mil aposentados, que deverão submeter fotografia à verificação do sistema

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) inicia no próximo mês projeto piloto que dará alternativa de prova de vida não presencial. Em sistema de reconhecimento facial, aposentados deverão enviar as chamadas ‘selfies’ para o órgão.

A fotografia do rosto deverá ser tirado do celular do próprio beneficiário. Inicialmente, o modelo vai funcionar para cerca de 550 mil aposentados. A ação busca evitar aglomerações nas unidades do INSS, reduzindo a demanda presencial e colaborando para as medidas de isolamento social em razão da pandemia de Covid-19.

O INSS não dá detalhes de como pode ser feita essa análise das selfies dos aposentados, mas uma possibilidade é fazer comparações com documentos com fotos em nome dos beneficiários. Não há também relação de quais serão os beneficiários a serem incluídos no projeto de verificação remota, que devem ser notificados pelo Instituto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.