Elias Vaz pede convocação de Braga Netto para explicação de gastos

Parlamentar goiano solicita justificativa pelo uso de recursos que eram destinados ao combate da Covid-19

Deputado goiano Elias Vaz (PSB-GO) irá solicitar à Câmara dos Deputados a convocação do ministro da Defesa, general Walter Braga Netto. O objetivo é obter explicações sobre o uso de recursos que eram destinados ao combate da Covid-19 para a compra de itens de luxo. Uso de R$ 535 mil com itens não essenciais foi descoberto em auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU).

Entre os produtos adquiridos pelo ministério, estão picanha, filé mignon, bacalhau, salmão, camarão e bebidas alcóolicas. De acordo com a Secretaria de Controle Externo de Aquisições Logísticas (Selog), cerca de R$ 557 mil destinados ao enfrentamento da pandemia foram indevidamente utilizados. Desse montante, 96% (R$ 535 mil) foram gastos pela pasta da Defesa.

De modo geral, com a auditoria, o que foi constatado pelo TCU é que os gastos com alimentação por parte dos ministérios foi reduzido. No entanto, isso não ocorreu com a Defesa. No levantamento o tribunal afirma não parecer “razoável alocar os escassos recursos públicos na compra de itens não essenciais, especialmente durante a crise sanitária, econômica e social pela qual o país está passando, decorrente da pandemia”.

Ainda em 2021, no primeiro semestre do ano, a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados pediu que o ministro da Defesa esclarecesse a compra de 80 mil litros de cerveja e 714 toneladas de picanha realizada pelas Forças Armadas em 2020. Na época, ele afirmou ter solicitado às Forças Armadas que “evitassem” comprar esse tipo de produto com dinheiro público.

No entanto, o ministro não chegou a responder diretamente nenhum dos questionamentos dos congressistas. Quem também convocou Braga Netto pela primeira vez foi o deputado goiano Elias Vaz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.